Pedaços de Mim

Pedaços de Mim
Pedaços de Mim

18 de jul de 2014

Meu Vicio

Preciso confessar
Estou viciada bebo livros, cheiro flores
Passo noites em claro á procurar a poesia,
E quando não acho nada bebo a tinta das canetas

De manhã escrevo, de dia escrevo,
De tarde escrevo, de noite escrevo
De madrugada escrevo...
Minha vida anda desorganizada
Os poemas me alucinam
As imagens me transportam
Um sorriso me inspira
E a criançada á gargalhar
O vento que balança a samambaia
Sonho antigo
O canto deste pássaro
Durmo escrevo, acordo escrevo
Brigo escrevo, te vejo escrevo,
luto escrevo, perco escrevo, ganho escrevo,
Saudade escrevo
Festa escrevo, oro escrevo
Sonho escrevo
Acho que vou me internar

29/10/2013







Poema de A a Z


Afago, bem estar, carícia, dádiva,  esperança, fonte, gavetas, horizonte,invisível, jardim, luz, moinho,nuvens,pássaros,querubim,rosto,silêncio,. tempo, universo, voz,xale,zelo

obs: não tenho o autor:



Apaixonada por mim


E um dia me vi assim
caminhando na estrada segurando três corações
 E um dia me vi assim 
Apaixonada pelo passado, presente, pelo futuro 
E um dia me vi assim
Grudada na caneta, escrevendo tudo e nada
E um dia me vi assim
Apaixonada pelo seu sorriso, pela noite, pelo sol, pelo céu, pelo dia...
E um dia me vi assim
Saindo correndo da cama no meio da noite para não perder a inspiração da poesia
E um dia me vi assim
Apaixonada pelo teu beijo, cheiro, sorriso
E um dia me vi assim
plantando girassóis
E um dia eu me vi 
Apaixonada por mim






lindo lugar para passear

lindo lugar para  passear
 click no link e vá para site oficial de Padre Fabio de Melo com musicas incríveis do novo cd

7 de jul de 2014

Retrospectiva

Sou do tempo da caneta e do papel
De brincar na rua de queimada
balança caixão e pique-esconde

Assistia sítio do Pica´Pau Amarelo
Balão Magico e Caverna do Dragão
Desenhava vestidos de princesa  e castelos
Era magrela, tinha sardas e longas tranças nos cabelos 

Namorava no banco da praça
Joguei Volley-boll
Ganhei máquina de datilografia da tia
fiz coleção de  discos de vinil

Me apaixonei por olhos verdes, "e mais de uma vez"
Fui no show da Rita Lee
Comprei um" toca fitas"
Viajei pra ver o Rei-Roberto
Por Raul me apaixonei

Cantei cara-o-que no barzinho
Dancei forró e lambada
Pulei a faculdade
me tornei mãe de verdade

Li o Pequeno Príncipe
Pra meu bebe

Fiz um jardim, pisei espinhos
 tive um" Fiat 147" verde,
Plantei flores, colhi amigos

Confessei, crismei, comunguei, casei
Meus sacramentos resgatei;
Tenho hoje 2 meninos, um quintal
Um DVD,  Pen Drive, celular e PC
Vivo á escrever e 
Um só amor pra viver!!!








2 de jul de 2014

Quem é Matheus

Entrevista com Matheus

Quem é Matheus?

Matheus é  um menino de seis anos filho de Aurea e Rodrigo, irmão de Gabriel, ele é muito sapeca, desobediente as vezes leva algumas palmadas, mas logo esquece e começa a aprontar tudo de novo.
Pula tanto que parece um canguru, suas pernas estão todas  marcadas, roxas, cheias de cicatrizes de tanto que corre... e  pula e cai e pula de novo.
 Já esta com três dentes permanentes e duas janelas abertas.
Sua orelha pe pequenininha, seu cabelo é pretinho, seu olhinho também.
Ele adora comer uva, e coxinha e leite condensado e coxinha, e coxinha...
Perguntei o que mais ele ama:
ele disse: Você (eu), o pai e o Biel  ahhh e o Jorge (  nosso cachorrinho).
Sua brincadeira preferida é cabo de guerra,
sua cor preferida é verde
seu desenho preferido é Carros de corrida
Adora ouvir musica " Tião carreiro, sua viola e seus companheiros"...
Quando ele crescer ele vai ser piloto de carro de corrida.
Ele esta no primeiro ano e já sabe ler: pato, (galinha) galinha não, gato, vó, e vô, mamãe e papai... e assim vai
Seus amigos preferidos são: Isaque da escola, Julia, Carol, João Pedro e Vitor Vieira, há não esse não , esse é muito chato.
ele gosta de nadar, quer crescer e ser bem grande e fazer uma viagem na praia.

20/06/14.

obs: estávamos sem ter o que fazer, ai começamos a conversar, falei pra ele vamos fazer uma entrevista, ele adorou  foi falando eu escrevendo deu nisso ai. Achei que seria interessante pra quando ele crescer relembrar



O que Descobri da Vida

 Que vamos tecendo dia a dia, esta nossa personalidade, e nela emprestamos um pouco de cada pessoa que passa por nós, cada irmão, cada amigo, cada amor...
Que sou muito mais parecida com meus pais, do que um dia jamais imaginei que seria.
Que amor á primeira vista não existe, e único amor também não.
Pois amo meus filhos, marido, mãe, amigos, irmãos a vida; o cão...
Amor de mãe é único perfeito e sem final.
Descobri que pessoas mudam, alguns se tornam irreconhecíveis em pensamentos atos e ações.
Que perdão existe,  Deus existe, saudade também.
Que morte um dia vem " com choro e vela"... e é a hora mais triste.
Que á não ser :
Ataque cardíaco ,dor de barriga, bala perdida, corte e febre 39 graus mais nada é urgente, até dor de dente pode esperar.
Que a pessoa com quem você dorme todo dia por anos, nem sempre  é a que mais te conhece, te ama ou entende.
Que todo dia é um recomeço.
Que tolerar a existência do outro e permitir que ele seja diferente ainda é muito pouco.
Que não precisamos mais que um par de sapatos para viver.
Que cortinas, piso frio, portas e janelas de vidro, água encanada
                           NÃO TRAZ FELICIDADE
O bom mesmo é a água do riacho, o balanço embaixo da sombra da árvore, pisar a terra vermelha, ouvir o barulho da cachoeira, e o som do canto dos pássaros, assistir o por do sol...



19/06/2014 em transformação...