Pedaços de Mim

Pedaços de Mim
Pedaços de Mim

30 de nov de 2010

Meus Primeiros Rascunhos


Sou uma estranha neste mundo, tento acompanhar os passos dos mortais que comigo caminham e muitas vezes fico para traz, ou simplesmente disparo na caminhada e ninguém me acompanha por mais que eu espere, também não consigo acompanha-los.
Não há ninguém no universo que  entenda a minha língua, Desenhos de bizarras recordações formam-se de repente, em  minha frente e os meus olhos criam figuras esquisitas e fantasmas tristes, fotos amareladas com o tempo, filmes guardados esquecidos, os discos deram lugar aos cds, o tempo agora é desperdiçado com as crianças corremos para baixo e para cima dos vales para o topo das montanhas e não conseguimos dar conta de muita coisa....Sou amante das coisas abistratas como este pequeno trecho que surge assim de repente.
Sempre gostei muito de escrever, estive pensando á respeito de minha primeira grande obra  Meus  primeiros Rascunhos foram escritos em um lugar não muito comum, pena eu não ter fotos para mostra-los aqui ou simplesmente recorda-los.
Quando adolescente comecei á escrever no quarto de uma amiga, normal sim se não fosse nas paredes de seu quarto, comecei um dia como uma brincadeira, e a brincadeira cresceu primeiro foi uma parede depois, duas, quando vimos estava o quarto inteiro tomado por escritos, frases de musicas, coisas que gostávamos, coisas que aconteciam era o nosso diário, sempre tínhamos algo para escrever, ela escrevia também, mas eu....rsrsr,
simplesmente não deixava espaço para minguem ate no teto, houve uma hora em que não tinha mais lugar para escrever mais nada, e hoje recordando sinto ate saudades.
Sei isso ser coisa de adolescente, mas para mim não mudou muito continuo aqui escrevendo, tudo, todos os acontecimentos tem para mim um lugar especial e eu sempre tenho algo para dizer...
Muitos me lêem e não entendem, mas muitos sei que tem a mesma saudades que eu.
Na vida só sabemos quem somos quando ficamos sozinhos consigo mesmo...
A vida é um hino, cante-o, um desafio enfrente-o,
A vida é um dever cumpra-a, um misteiro descubra-a
A vida é um livro, escreva-a, felicidade, merece-a

Não perca tempo e energia se debatendo, uma passagem com ida e volta marcados não o impedirá de voar
Aproveite a viagem pare de sacudir o avião

2 comentários:

  1. "Todo ser Humano é um estranho ímpar."

    que bom que somos assim...

    Amei tudo aqui. bjokas!!!

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto, só me falta forças para viver tudo isso ...
    Beijos

    ResponderExcluir