Pedaços de Mim

Pedaços de Mim
Pedaços de Mim

29 de out de 2010

Areia na Ampulheta


Não posso perder nenhum minuto...
Não tenho mais muito tempo, é como ver a areia na ampulheta se esvaindo de um lado a outro.
Todos os minutos, são sagrados, todos os segundos são preciosos, tenho sede de conhecimentos, minha vida espiritual é a minha maior necessidade.
A vida é imprevisivel, viver é correr riscos consciente. Só quem tem coragem de se arriscar saberá saborear as, alegrias das vitorias.
" O mundo se afasta e deixa passar quem sabe para onde vai"... não sei quem disse isso mas me identifiquei muito.Preciso percorrer o longo caminho que irá elevar minha alma de novo ao ponto de onde partiu, onde chegará completa e feliz, em paz... essa caminhada é de desprendimento, preciso deixar para traz tudo que me prende, me sufoca, me castiga, me faz infeliz, me impede de voar, tirar todos os vícios alcançados ao longo da caminhada de uma vida errada, sem conhecimento do correto, desapego das coisas do MUNDO, palavra complexa mas que aos poucos estou  decifrando... Assim como tenho  decifrado pessoas, situações, sentimentos.
Não é fácil deixar para traz todas essas coisas depois de uma vida inteira de acreditar em coisas e ao passo que em momentos descobrir que não é nada disso, amores, sonhos, pessoas... a alma precisa ser livre para que  possa subir, voar, encontrar-se com o espírito sentar calmamente a beira da praia. com a água tocando seus pés e poderem confidenciar, trocar segredos, contar estorias...e um aprender com o outro

Passarinhos voam porque são leves, são leves porque voam

Um comentário:

  1. Olá! Muito Obrigada pelo recadinho n meu blog!
    Adorei seu blog .. é cheio de verdades e a verdade sempre me encanta !!!
    Estou seguindo !!!
    Beijossss =)

    ResponderExcluir